The Umbrella Academy: Refletindo sobre super-heróis

2021-04-05 By richtv

Durante os últimos 10 anos, o gênero de super-heróis cresceu até se tornar um dos segmentos mais rentáveis do cinema e da televisão.
Com suas grandes sequências de ação e incríveis efeitos visuais, o cinema dos super-heróis estabeleceu um padrão que se repete na maioria das propostas do gênero, sendo as preferidas as histórias de origem e crossovers, como nos filmes Capitã Marvel (2019) e Vingadores: Ultimato (2019).
Leia aqui nossa resenha de Capitã Marvel.
Por outro lado, graças as bases do gênero já estabelecidas, seus limites estão se expandindo pouco a pouco e novos tipos de histórias já estão sendo narrados. Bons exemplos são Deadpool (2016), cuja sátira ao gênero depende de que o mesmo tenha sido desenvolvido plenamente, ou Logan (2017) e Coringa (2019), que se aprofundam mais na psique dos personagens.
Conheça mais sobre o Coringa aqui.
The Umbrella Academy é uma destas histórias em que, sem perder de vista as características que definem o gênero, os super-heróis descansam um pouco dos golpes para entrar em exploração mais complexa, cheia de grandes personagens, diferentes linhas temporais e uma história envolvente.
Viajemos no tempo com The Umbrella Academy e exploremos um pouco mais no Richtv Editorial.
A série The Umbrella Academy é baseada na história em quadrinhos de mesmo nome, escrita por Gerard Way, vocalista da banda My Chemical Romance, e ilustrada pelo brasileiro Gabriel Bá, sendo publicada inicialmente em 2017 por Dark Horse Comics.
Narra a história de um grupo de super-heróis que compartilham a peculiaridade de terem nascido no mesmo dia e na mesma hora, de mulheres que não estavam grávidas. Os sete personagens são adotados por Sir Reginald Hargreeves, fundador da Umbrella Academy, um excêntrico milionário que educará e cuidará deles para que eles, com o tempo, protejam o planeta diante de qualquer ameaça.
A ideia de um supergrupo pode ser rastreada em propostas prévias dentro do mundo das histórias em quadrinhos, como em X-Men ou Doom Patrol, mas The Umbrella Academy se destaca por se concentrar nas personalidades e laços familiares que unem e identificam a cada personagem, mais que em seus poderes.
Ainda que em 2011 existia rumores de um filme de The Umbrella Academy produzido pela Universal, em julho de 2015 foi anunciado que o projeto se desenvolveria como uma série de televisão. Em 2017, foi anunciado oficialmente que a Netflix tinha encomendado uma adaptação televisiva e, finalmente em fevereiro de 2019, lançou os 10 episódios que compõe a primeira temporada.